IMG_3790 (1).JPG

Brisa Flow é uma cantora, musicista, compositora, poeta, performer, produtora musical, e ativista chilena/brasileira que mistura sua musicalidade latina com rap, eletrônico e neo/soul. É um dos principais expoentes do indígena futurismo no Brasil. Suas composições sonorizam temas relacionados à vivência das mulheres e a desigualdade social presente na América Latina.
Seu primeiro álbum foi lançado em 2016, intitulado “Newen”, que significa “força” na língua nativa do povo ameríndio Mapuche e esteve entre os 20 melhores lançamentos daquele ano selecionados pelo Estadão. Foi artista “aposta” da Folha de São Paulo em 2017. O segundo trabalho, “Selvagem Como o Vento”, foi lançado em dezembro de 2018, esteve entre diversas listas e concorreu pelo site da Redbull entre os melhores 50 discos do ano. Recebeu prêmio Olga Mulheres Inspiradoras. Seu show apresenta as músicas de seus dois álbuns com performances misturando instrumentos analógicos e eletrônicos. Já se apresentou na Virada Cultural de São Paulo (2016, 2017, 2018), Tomie Ohtake, Meca Inhotim, Teatro da UFF, FIG – Festival de Inverno de Guaranhus, e faz o circuito SESC